«

»

Nov 26

Print this Post

Dores

A Abordagem Milenar da Medicina Tradicional Chinesa às Dores Invernais

Com a chegada do Inverno são várias as alterações que o nosso corpo sofre. Seja consequência das peculiaridades desta estação ou da mudança de hábitos que surgem nesta altura do ano, a realidade é que, a chegada do frio mais rigoroso, obriga a uma adaptação do nosso organismo. Por esta razão, existem dores que se agudizam ou, até, que surgem assim que as temperaturas baixam.

 

As dores lombares, que afetam milhões de pessoas em todo o mundo, são das mais frequentes quando o Inverno principia. Se, por ventura, pertence ao grupo de pessoas que, nesta altura do ano, se queixa deste tipo de dor, fique a saber que é uma consequência natural do tipo de postura associado às baixas temperaturas. Devido ao frio tendemos a adotar uma postura corporal mais rígida, contraindo os músculos, o que pode causar tensões e, consequentemente, dor. A somar a isto, correntes de ar e alterações de temperatura são, frequentemente, causadoras destas dores, uma vez que o arrefecimento corporal provoca a contração da musculatura.

 

Normalmente, as dores lombares situam-se entre a última costela e a nádega e ocorrem devido a um esforço intenso e repentino, por exemplo, devido a um movimento mais brusco ou ao levantamento de pesos. No entanto, na hora de procurar ajuda para tratar o desconforto, tenha em atenção que a dor lombar pode ser de dois tipos principais: crónica ou aguda. Assim, há que diagnosticar o seu caso para procurar o tratamento mais adequado. A dor da lombalgia aguda caracteriza-se por um período de duração mais curto, geralmente não chega a três meses, e é de surgimento repentino e inesperado. No caso da lombalgia crónica, a duração é superior a três meses e pode significar picos de dor ou, em alguns casos, dor contínua.

 

Para solucionar este problema, que pode muitas vezes ser incapacitante e comprometer a realização das tarefas diárias, saiba que pode encontrar resposta numa abordagem milenar… A Medicina Tradicional Chinesa tem um conjunto de tratamentos especificamente orientados para este tipo de dor, como a massagem Tui Na e a acupuntura que, dependendo do diagnóstico de cada pessoa, podem ser utilizados individualmente ou combinados. Se, por exemplo, a dor for causada principalmente por temperaturas muito baixas, o tratamento deve incidir, sobretudo, no fortalecimento dos músculos e ligamentos, na estimulação da circulação e regeneração dos tecidos, através do reequilíbrio energético com recurso à acupuntura, possivelmente complementada com a fitoterapia.

 

Se, por outro lado, o frio lhe provoca problemas cervicais, vão ser comuns sintomas como dores de cabeça, zumbidos no ouvido, perda de visão, peso na cabeça, torcicolo, dores nos ombros e dorso, afeções oculares e nasais e vertigens e dormência nas mãos. No entanto, também para este problema, existem soluções eficazes. A massagem Tui Na pode ser particularmente benéfica, uma vez que promove o relaxamento muscular e o aumento da circulação, proporcionando uma maior mobilidade. Quando aliada à fitoterapia com creme de ervas chinesas, os efeitos são ainda mais profundos, pois esta terapia aumenta a circulação e irrigação sanguínea local e cerebral.

 

No CTC pode encontrar os tratamentos 补肾止痛 Bu Shen Zhi Tong (Tonificar o Rim e acabar com a dor) e 活络止痛 Huo Luo Zhi Tong (Desbloquear os Luo e fazer desaparecer a dor), criados há mais de 15 anos, que consistem na aplicação de agulhas de acupunctura em determinados pontos do corpo, equilibrando respectivamente o Rim ou desbloqueando alguns meridianos e suas ramificações, e nos quais é a seguir efectuada uma massagem Tui Na; estes tratamentos podem por vezes ter que ser complementados com alguma fitoterapia.

 

O 补肾止痛 Bu Shen Zhi Tong (Tonificar o Rim e acabar com a dor) é indicado quando o local dorido e a tratar apresenta forma e cor ou toque pálido ou frio, e é mais comum em pessoas de idade avançada. No caso do 活络止痛 Huo Luo Zhi Tong (Desbloquear os Luo e fazer desaparecer a dor) a dor é aguda (ou de origem crónica, mas num momento de crise), e a área apresenta-se vermelha, quente, inchada ou acastanhada/arroxeada.

 

Já sabe! Para evitar e minimizar as principais dores e desconfortos desta estação, proteja-se, agasalhe-se, beneficie dos resultados proporcionados pela Medicina Tradicional Chinesa e aproveite o melhor do Inverno!

 

Dra. Wenqian Chen

Especialista em Medicina Tradicional Chinesa e Diretora Clínica do Centro de Terapias Chinesas

Permanent link to this article: http://ctcportugal.com/dores-de-inverno/