Print this Page

Moxabustão

Dentro da temática abrangente que é a Medicina Tradicional Chinesa existem vários processos terapêuticos desenvolvidos de modo a dar respostas específicas a cada problema de saúde.

A moxabustão é um desses processos, que embora pouco conhecido no Ocidente é reconhecido no Oriente como um dos mais eficazes para curar as ditas doenças frias, lentas ou crónicas, em pessoas de constituição fraca, pouco enérgicas, friorentas ou com pouca resistência ao frio. Ou seja, pessoas com excesso de energia Yin.

A característica que particulariza a moxabustão é a utilização de rolos de artemísia prensada, que se acendem como o incenso e se aproximam a 2/3 cm de pontos energéticos localizados nos Meridianos da Acupunctura.

O calor penetra a pele sua e uniformemente. Passados cerca de 30 segundos, o calor começa a incomodar. Afasta-se a moxa durante alguns segundos e repete-se a operação até que a pele fique vermelha (a aplicação é de aproximadamente 3 minutos em cada ponto).

Variantes desta apresentação em rolo são pequenos cones à base de artemísia ou mesmo bolas minúsculas colocadas nas agulhas de Acupunctura. Mas seja qual for a opção, o objectivo é sempre o mesmo: transmitir calor ao corpo e provocar a saída do frio.

Embora as moxas sejam especialmente indicadas para a cura das doenças frias, os indivíduos Yang (musculosos e hiperactivos) com doenças quentes (dores agudas, febre, rubor, excitação) também podem ser tratados com este método. Contudo, a recuperação não é tão acentuada e requer um maior controlo por parte do terapeuta de MTC.

Um dos grandes “milagres” conseguidos com a Moxabustão é o tratamento do reumatismo crónico. Tanto as pessoas do tipo Yin como do tipo Yang notam grande alívio nos sintomas de dor.

Permanent link to this article: http://ctcportugal.com/metodos-da-medicina-tradicional-chinesa/moxabustao/